Comendo (bem!) em Shanghai

Moro na China, em Shanghai, na cidade mais internacional do pais. Viver aqui parece muito com viver em São Paulo. Muita gente e muita correria com um glamour concreto e arquitetônico. O bom das duas cidades são as pessoas, algo como NYC e outras megalópolis…

Claro que tem aspectos divertidos como aperfeiçoar sua linguagem corporal e habilidades em mímicas, afinal, falar chinês não é fácil nem rápido ou ser oficialmente chamada de Alien.

Permissão para estrangeiros

Alien, por conta deste documento rs… a permissão de trabalho para estrangeiros.

Estou na China há dois anos e sou feliz morando aqui. Tenho amigos maravilhosos, uma vida divertida e animada. E Shanghai é o paraíso da carne de porco e da comida meladamente agridoce. Tem como não amar?

Eu já era familiarizada com a comida chinesa devido a algumas visitas que fiz ao país antes de vir efetivamente morar. E de tudo que já comi aqui (insira qualquer absurdo que você já ouviu sobre a culinária chinesa nesse momento) poderia passar a vida comendo 3 iguarias:

Hong Shao Rou (紅燒肉)

Hong Shao Rou

Barriga de porco cozida no vapor com molho agridoce, dos deuses!

São nacos gigantes de barriga de porco, basicamente algo entre o bacon e a panceta, cozidas no vapor e depois envoltas numa calda caramelizada agridoce.

Os pedaços derretem na boca, é o meu manjar dos deuses.

O melhor de Shanghai é o do OLD JESSE.  Restaurante velho mas com a melhor comida shanghainesa caseira do mundo. Detalhes, eles não falam inglês, o cardápio tem traduções toscas mas ainda assim vale muito a pena.

Xiaolongbao (小笼包)

Xiaolongbao

Tipo um Capeletti gigante e de massa levinha

Imagine um Capeletti, agora pense numa massa muito levinha. Isso, sua imaginação está indo bem…

Agora pense que o Capeletti é o dobro no tamanho e dentro temos um recheio fresco e suculento. Isso são os dumplings chineses.

Sua imaginação é boa? Podemos elevar o patamar?

Pois bem, o recheio além de uma deliciosa mistura de carne de porco e vegetais conta com uma sopinha perfeitamente salgada.  Dá água na boa, né pois é isso é o Xiaolongbao.

O melhor é o do Din Tai Fung, rede Taiwanesa especializada nessa iguaria shanghainesa. Restaurantes super limpos, atendentes com inglês perfeito.

Seguindo na segunda posição mas chegando muito perto tem o Paradise Dynasty. Situado num shopping de luxo (como quase todos aqui) eles tem uma degustação incrível com 8 diferentes sabores de Xiaolongbao. Vale muito a pena. 

Degustação de Xiaolongbao - vários sabores

Degustação com 8 sabores diferentes. AMO o de alho!!!

Mixed mushroom with bean curd sheet 腐竹熗蘑菇

Nem sei como se fala isso em chinês, eu normalmente aponto na mesa do lado. Prato delicioso, vegetariano e fresco.

Eu sempre achei que tofu era chato, aguado e sem graça. Mas descobri que existem tantos tipos de tofu, com tantas diferentes texturas, e assim compreendi como uma nação inteira come isso!

Cogumelos com tofu

Cogumelos e tofu, mistura deliciosa.

Esse é o meu predileto. Parece um palmito fibroso, mas não muito. O sabor é único, se estiver na China tem que provar.

O melhor é do OLD JESSE. De novo o restaurante fornece o melhor desse prato simplíssimo e cheio de sabor.

Ah, caso você chegue no restaurante e estiver lotado (acontece quase sempre) atravesse a rua, vá ao Wine Bar Constellation e peça o menu do restaurante. Eles atravessam a rua com sua comida e você pode degustar um vinho dentro de opções incríveis do mundo todo.

Ao contrário do que se possa imaginar a China pode ser sim um delicioso parque de diversão gastronômico.

Jana

Jana


'Comendo (bem!) em Shanghai' has no comments

Be the first to comment this post!

Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Todas as imagens deste site são de propriedade de seus autores e sua utilização sem prévia autorização é expressamente proibida. Maiores informações: entrepanelasetacas@gmail.com

Paste your AdWords Remarketing code here